Guia do PROUNI

Em breve um artigo completo sobre o PROUNI e tudo o que você precisa saber sobre ele. 🙂

Neste guia nós do ProntoPassei.com.br iremos esclarecer todas as suas dúvidas que envolvem o ENEM e o ProUni, além de dar dicas e instruções de como fazer sua inscrição e documentos necessários para conseguir um bolsa de estudos, e muitos outros assuntos.

Hoje o mercado de trabalho se torna cada dia mais disputado, em meio a isso estar qualificado para atender as necessidades do mercado se torna algo essencial.

Visando isso, o ingresso no ensino superior tem tido uma procura cada vez maior, com isso tem crescido também o numero de pessoas que procuram usar os programas sócias que o governo disponibiliza para ingressar nas instituições de ensino.

Entre esses programas, está o Prouni (Programa Universidade para Todos), que procura atender candidatos que cursaram o ensino médio em escola publica, ou como bolsista integral em instituições privadas, entre outros.

O que é o Prouni?

O Prouni foi criado no ano de 2004 pelo Ministério da Educação, com o intuito de disponibilizar bolsas de estudos integrais e parciais, sendo essas parciais de 50%, em instituições privadas de ensino superior e em cursos de graduação especifica atendendo a um publico que ainda não possui ensino superior.

Faça aqui seu cadastro do prouni

Como funciona o Prouni?

O Prouni funciona através de um processo seletivo, o qual o candidato que não possua ensino superior, e que tenha feito o Enem respectivo ao ano da inscrição (Exemplo: o Enem do ano de 2015, será utilizado para as inscrições do Prouni 2016), pode se inscrever e concorrer a uma bolsa de estudos.

Há também alguns critérios sociais a serem seguidos, uma bolsa integral exige que o candidato tenha uma renda familiar de no máximo um salario mínimo e meio por pessoa, já uma bolsa parcial (50%) exige que a renda familiar do candidato seja de no máximo três salários mínimos por pessoa.

O candidato também deverá atender a um dos quesitos abaixo:

  • Veja algumas restrições para se cadastrar no ProuniTer cursado todo o ensino médio em escola publica;
  • Ter cursado todo o ensino médio em escola particular, desde que, o mesmo fosse bolsista integral;
  • Ter cursado parcialmente o ensino médio em escola publica e parcialmente em escola privada, desde que, o mesmo seja bolsista integral na escola privada;
  • Ter algum tipo de deficiência física.

Ou caso um professor na rede publica, em exercício e integrante do quadro permanente de instituição publica, poderá concorrer somente em cursos de licenciatura e neste caso não haverá requisitos de renda.

Qual a relação entre Enem e Prouni?

O processo seletivo realizado pelo Prouni se utiliza das notas obtidas no Enem: o candidato tem de obter no mínimo uma nota de 450 pontos na média das provas e não ter zerado a redação.

Estas notas serão utilizadas como critério de avaliação, isto é, as bolsas são concedidas de acordo com a nota do candidato.

Como são feitas as inscrições?

faça aqui suas inscrições no prouni e concorra uma vagaAs inscrições para o Prouni são abertas no inicio de cada semestre do ano, com uma única etapa de inscrições. A inscrição é gratuita e feita exclusivamente online através da pagina oficial do Prouni.

Para realizar sua inscrição o candidato devera entrar com o numero de inscrição e senha utilizada no Enem respectivo ao ano, caso o candidato não se lembre dos dados utilizados, eles podem ser recuperados através da pagina oficial do Enem.

Após isso, o candidato deverá escolher, em ordem preferencial, a instituição, curso e turno dentre as opções de bolsas disponíveis de acordo com sua nota do Enem. Candidatos com deficiência física, ou que se declarar indígena, preto ou pardo podem concorrer a bolsas destinadas a politica de cotas.

Posso escolher qualquer curso em qualquer instituição?

Sim o candidato poderá escolher qualquer curso em qualquer instituição desde que a instituição esteja cadastrada no Prouni, e o curso esteja disponível para bolsa.

O candidato pode optar por até duas opções de cursos que poderão ser trocadas mesmo após a inscrição, sempre sendo considerado a ultima vez em que o candidato mudou, existem cursos que exigem requisitos específicos, como por exemplo, ciências aeronáuticas que exige que o candidato tenha licença de piloto.

Todos os dias, o sistema do Prouni realiza uma um novo calculo para as notas de corte referente a cada curso de acordo com o numero de bolsas disponíveis e na quantidade de candidatos inscritos naquela modalidade. Esta nota de corte serve como um referencial para a inscrição, essa nota não é uma garantia de seleção e também não é atualizada em tempo real.

Como funciona o sistema de cotas?

Configurações eficazes para queima de gorduraO sistema de cotas funciona de acordo com os dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a quantia destinada de bolsas para cotas vão de acordo com o percentual de cidadãos, indígenas, pardos e pretos em cada localidade.

Os cotistas também deverão satisfazer os outros critérios de seleção do Prouni.

Como calcular minha renda familiar?

A renda bruta mensal exigida pelo Prouni, é calculada a partir da soma de todas as fontes de renda, divido pelo numero de pessoas dependentes desta renda e moradoras de um mesmo domicilio.

Caso esta divisão alcance um numero menor ou igual ao valor de um salario mínimo e meio, o candidato poderá concorrer a uma bolsa integral.

Se esta divisão resultar em um numero maior que um salario mínimo e meio e menor ou igual a três salários mínimos, o candidato poderá concorrer a uma bolsa parcial (50%).

saiba se foi selecionado prouniComo saber se fui selecionado?

O processo seletivo é feito em duas chamadas uma após a outra, os resultados ficam disponíveis na pagina do Prouni, e nas instituições de ensino que participam do programa.

É de total responsabilidade do candidato a consulta dos resultados dentro do prazo, assim como a apresentação da documentação exigida dentro dos prazos.

Lista de Espera

Se nas duas chamadas o candidato não for selecionado, ele poderá então manifestar o desejo de estar na lista de espera sendo que as condições para isso serão:

  • Candidato pré-selecionado na sua segunda opção de curso, sem formação de turma para inicio do curso;
  • Candidatos que não foram pré-selecionados nas chamadas e que não tenham bolsas disponíveis para sua primeira opção de curso;
  • Candidato pré-selecionado em sua primeira opção de curso que não tenha formado turma;
  • Candidatos não pré-selecionado nas chamadas e que também não tenha formado turma.

Faça um comentário