Adjetivos – Resumo Completo para Se Dar Bem no ENEM

analiseb

Preparamos algumas listas e exercícios sobre adjetivos, para que tenha maior conhecimento sobre o assunto, além é claro de ajudá-los com qualquer tipo de dúvidas no comentário, aproveite.

Lista de adjetivos pátrios – PERNAMBUCO

Pernambuco = (pernambucano)

  • Cabo de Santo Agostinho – cabense
  • Caruaru – caruaruense
  • Escada – escadense
  • Garanhuns – garanhuense
  • Gravatá – gravataense
  • Ipojuca – ipojuquense
  • Itaíba – itaibense
  • Jaboatão dos Guararapes – jaboatanense
  • Limoeiro – limoeirense
  • Moreno – morenense
  • Olinda – olindense
  • Pesqueira – pesqueirense
  • Petrolina – petrolinense
  • Recife – recifense
  • Salgueiro – salgueirense
  • Santa Cruz do Capibaribe – santa-cruzense
  • São Vicente Férrer – vicentino
  • Serra Talhada – serra-talhadense
  • Tabira – tabirense
  • Xexéu – xexeuense

O uso dos adjetivos na oração

Hoje escrevia mais uma aula do meu curso de redação por e-mail e falava lá a respeito de coesão textual. Quando abordamos tal assunto, a concordância acaba sendo um recurso que quase nenhum professor explora. Sim, fala-se muito de anáfora e catáfora, fala-se sobre o uso dos pronomes relativos e muitas outras coisas, mas elementos simples como a correta relação entre o adjetivo e o termo a que ele se refere são deixados de lado.

Quero, antes de abordar esse assunto mais profundamente, relembrar as funções do adjetivo na oração. Há duas funções adjetivas básicas: adjunto adnominal e predicativo. Pense na definição de adjetivo e relacione-a a esses dois termos; você perceberá claramente a relação adjetivo/substantivo.

Pense, agora, na etimologia da palavra adjetivo: literalmente quer dizer “que se junta”, “que se coloca ao lado”. Ora, que se junta a quê, que se coloca ao lado de quê? Do substantivo. Observe que a própria formação da palavra nos remete a uma caracterização morfossintática, e não apenas morfológica. Vejam isso exemplificado na imagem abaixo que tirei de um livro didático que doei para uma biblioteca próxima de casa.

imagem explicativa do adjetivo

O uso dos adjetivos nos exercícios de vestibulares

Segundo a Wikipédia, adjetivo é:

… uma palavra que caracteriza um substantivo atribuindo-lhe qualidade ou característica, estado ou modo de ser. Flexiona-se em gênero, número e grau. Sua função gramatical pode ser comparada com a do advérbio em relação aos verbos, aos adjetivos e a outros advérbios.”

Como já abordei esse assunto em diversos posts neste blog, hoje quero apenas propor uma atividade prática envolvendo essa classe gramatical. É importante, ainda, lembrar da importância do uso dos adjetivos na construção das impressões e da subjetividade nos textos narrativos.

frase-do-mario-quintana

EXERCÍCIOS SOBRE ADJETIVO COM GABARITO

SONETO DE SEPARAÇÃO

De repente do riso fez-se o pranto
Silencioso e branco como a bruma
E das bocas unidas fez-se a espuma
E das mãos espalmadas fez-se o espanto.

De repente da calma fez-se o vento
Que dos olhos desfez a última chama
E da paixão fez-se o pressentimento
E do momento imóvel fez-se o drama.

De repente, não mais que de repente
Fez-se de triste o que se fez amante
E de sozinho o que se fez contente

Fez-se do amigo próximo o distante
Fez-se da vida uma aventura errante
De repente, não mais que de repente.
(Vinícius de Morais)

Na segunda estrofe há dois adjetivos:

a) calma e vento
b) olhos e chama
c) última e imóvel
d) paixão e pressentimento
e) momento e drama

Ver Resposta
C

Exercícios do EJA sobre adjetivos

Abaixo vocês encontrarão quatro exercícios bastante simples que usei, há alguns anos, numa de minhas classes de EJA. Eram exercícios de final de aula, apenas para verificar se haviam entendido o assunto trabalhado que, neste caso, era adjetivo. Vejam como eram as questões e usem conforme necessitarem.

Alguns exercícios sobre adjetivo

Leia o texto e responda ao que se pede:

Certa noite de 31 de dezembro, éramos um grupo de pessoas mais ou menos estranhas umas às outras, que voávamos juntas para a Índia. Nossas relações de conhecimento, muito vagas, datavam apenas de horas. Nossa história comum limitava-se a contemplação de algumas imagens inesquecíveis: o Mediterrâneo, as pirâmides, imensos desertos pálidos, golfos que o sol coloria com tintas orientais e, finalmente, o céu que fora tão grande e parecia pouco a pouco reduzir-se em sombra, e ficar do nosso tamanho, do tamanho das nossas pequenas vidas ali suspensas, com seus mistérios, esperanças e medos.

[EXERCÍCIO 01] Onde essas pessoas se conheceram?

[EXERCÍCIO 02] Por que o céu é tão inesquecível nesta crônica?

[EXERCÍCIO 03] O que existe em comum nas histórias dessas pessoas?

[EXERCÍCIO 04] Dê a diferença entre as expressões destacadas nas de orações abaixo:

a. Ele era um porco passageiro, mas não era um passageiro porco.

b. Certas mulheres não são as mulheres certas para casar.

c. Na política não precisamos de homens grandes e sim de grandes homens.

d. Abandone o amigo cachorro e adote um cachorro amigo.

Lista de adjetivos pátrios – RIO GRANDE DO SUL

Rio Grande do Sul = (gaúcho, rio-grandense-do-sul, sul-rio-grandense)

  • Ajuricaba – ajuricabense
  • Alegrete – alegretense
  • Alto Alegre – alto-alegrense
  • Alvorada – alvoradense
  • Antônio Prado – pradense
  • Bagé – bajeense
  • Bento Gonçalves – bento-gonçalvense
  • Butiá – butiaense
  • Cachoeirinha – cachoeirinhense
  • Camaquã – camaqüense
  • Campo Bom – campo-bonense
  • Candiota – candiotense
  • Canoas – canoense
  • Carazinho – carazinhense
  • Caxias do Sul – caxiense
  • Cerro Largo – cerro-larguense
  • Erechim – erexinense
  • Estância Velha – estanciense
  • Esteio – esteiense
  • Guaíba – guaibense
  • Horizontina – horizontinense
  • Igrejinha – igrejinhense
  • Lajeado – lajeadense
  • Manoel Viana – vianense
  • Montenegro – montenegrino
  • Novo Hamburgo – hamburguense
  • Novo Machado – novo-machadense
  • Pelotas – pelotense
  • Passo Fundo – passo-fundense
  • Poço das Antas – poço-antense
  • Porto Alegre – porto-alegrense
  • Rio Grande – rio-grandino
  • Rio Pardo – rio-pardense
  • Santana do Livramento – santanense
  • Santa Cruz do Sul – santa-cruzense
  • Santa Maria – santa-mariense
  • Santa Vitória do Palmar – santa-vitoriense; mergulhão
  • Santiago – santiaguense
  • Santo Ângelo – santo-angelense
  • Santo Augusto – santo-augustense
  • São Borja – são-borjense
  • São Leopoldo – leopoldense
  • São Lourenço do Sul – lourenciano
  • Sapiranga – sapiranguense
  • Sapucaia do Sul – sapucaiense
  • Seberi – seberiense
  • Unistalda – unistaldense
  • Uruguaiana – uruguaianense
  • Viamão – viamonense
  • Vila Maria – vila-mariense, mariense
  • Veranópolis – veranense

Lista de adjetivos pátrios – SANTA CATARINA

Santa Catarina = (catarinense, barriga-verde)

  • Agrolândia – agrolandense
  • Araranguá – araranguaense
  • Armazém – armazenense
  • Ascurra – ascurrense
  • Alfredo Wagner – alfredense
  • Balneário Arroio do Silva – arroiense; arroio-silvense
  • Balneário Gaivota – gaivotense
  • Blumenau – blumenauense
  • Braço do Norte – braço-nortense
  • Caçador – caçadorense
  • Calmon – calmonense
  • Camboriú – camboriuense
  • Campo Belo do Sul – campo-belense
  • Capivari de Baixo – capivariense
  • Chapecó – chapecoense
  • Cocal do Sul – sul-cocalense
  • Criciúma – criciumense
  • Ermo – ermense
  • Florianópolis – florianopolitano
  • Forquilhinha – forquilhense
  • Gaspar – gasparense
  • Grão Pará – grão-paraense
  • Gravatal – gravatoense; gravatalense
  • Içara – içarense
  • Ilhota – ilhotense
  • Imbituba – imbitubenseIndaial – indaialense
  • Itajaí – itajaiense
  • Jacinto Machado – jacinto-machadense
  • Jaguaruna – jaguarunense
  • Jaraguá do Sul – jaraguaense
  • Joaçaba – joaçabense
  • Joinville – joinvilense
  • Lages – lajeano
  • Laguna – lagunense
  • Lebon Régis – lebon-regense
  • Lontras – lontrense
  • Morro da Fumaça – fumacense
  • Orleans – orleanense
  • Palhoça – palhocense
  • Passo de Torres – passo-torrense
  • Praia Grande – praia-grandense
  • Rio do Sul – rio-sulense
  • Rio Fortuna – rio-fortunense
  • Santa Rosa de Lima – santa-rosa-limense
  • São José – josefense
  • Siderópolis – sideropolitano
  • Sombrio – sombriense
  • Taió – taioense
  • Timbó – timboense
  • Treze de Maio – treze-maiense
  • Tubarão – tubaronense
  • Turvo – turvense
  • Urussanga – uruçanguense
  • Videira – videirense

Lista de adjetivos Pátrios

É verdade que na Finlândia todas as mulheres nativas são finas? Sim, é verdade. Observe, no entanto, que fina nesse caso nada tem a ver com os atributos físicos delas e sim com a nacionalidade. Fina nesse caso é um adjetivo pátrio.

Conheça outros adjetivos pátrios conferindo a lista que publico abaixo. Noutra oportunidade explico aqui o nome de quem nasce em Salvador-BA.

  • Afeganistão (Ás.) – Cabul — afegã, afegane ou afegão.
  • África do Sul (Áfr.) Pretória (capital administrativa) e Cidade do Cabo (capital legislativa) – sul-africano.
  • Albânia (Eur.) – Tirana — albanês.
  • Alemanha (Eur.) – Berlim — alemão.
  • Andorra (Eur.) – Andorra Ia Vella – andorrano ou andorrense.
  • Angola (Áfr.)- Luanda – angola, angolano, angolense ou angolês.
  • Antígua e. Barbuda (Am. O.) – St. John’s — antiguano.
  • Arábia Saudita (Ás.) – Riyad – árabe-saudita, saudi-arábico ou saudita.
  • Argélia (Áfr.) – Argel — argeliano ou argelino.
  • Argentina (Am. S.) – Buenos Aires — argentino.
  • Aruba (Am. C.) – Oranjestad — arubano ou arubiano.
  • Austrália (Oc.) – Camberra — australiano.
  • Áustria (Eur.) – Viena — austríaco.
  • Baamas (Am. O.) – Nassau — baamense, baamês ou baamiano.
  • Bangladesh (Ás.) – Daca — bengalês, bengalense, bengali ou bengalim.
  • Barbados (Am. O.) – Bridgetown — barbadiano.
  • Barein ou Baraine (Ás.) – Manama — bareinita ou barainita.
  • Bélgica (Eur.) – Bruxelas — belga.
  • Belize (Am. O.) – Betmopan — belizenho.
  • Benin (Áfr.) – Porto Novo — beninense ou beninês.
  • Birmânia (Ás.) – Rangum — birmã, birmane, birmanense ou birmanês.
  • Bolívia (Am. S.) – La Paz — boliviano.
  • Botsuana (Áfr.) – Gaborone — botsuanense ou botsuanês.
  • Brasil (Am. S.). Brasília — brasileiro.
  • Brunei (Ás.) – Bandar Seri Begauan — bruneano.
  • Bulgária (Eur.) – Sófia — búlgaro.
  • Burquirta Fasso (Áfr.) – Uagadugu — burquinense.
  • Burundi (Áfr.) – Bujumbura — burundíano, burundienês ou burundiense.
  • Butão (Ás.)- Punaca e, no verão, Tinfu ou Timbu — butanense ou butanês.
  • Cabo Verde (Áfr.) – Praia — cabo-verdense ou cabo-verdiano.
  • Camarões (Áfr.) – Iaundê — camarão, camaronense ou camaronês.
  • Camboja (As.) – Phnom Penh — cambojano ou cambojiano.
  • Canadá (Am. N.) – Ottawa — canadense.
  • Catar (Ás.) – Doha — catariano.
  • Chade (Áfr.) – N’Djamena — chadiano.
  • Chile (Am. S.) – Santiago — chileno.
  • China (Ás.)- Pequim ou Beijing — chinês.
  • Chipre (Ás.) – Nicósia — cipriota.
  • Cingapura (Ás.) – Cingapura — cingapurense ou cingapuriano.
  • Colômbia (Am. S.) – Bogotá — colombiano.
  • Cômores, ilhas (Áfr.) – Moroni — comorano, comorense ou comoriano.
  • Congo (Áfr.) – Brazzaville — congolense, congolês ou conguês.
  • Coréia do Norte (República Democrática Popular da Coréia) (Ás.) – Pyongyang — norte-coreano.
  • Coréía do Sul (República da Coréia) (Ás.) – Seul — sul-coreano.
  • Costa do Marfim (Áfr.) – Abídjã — eburino, costa-marfinense, costa-marfíniano, marfinense ou marfiniano.
  • Costa Rica (Am. C.) – San José — costa-riquenho (Ou costarriquenho), costa-riquense (ou costarríquense), costa-ricense (ou costarricense).
  • Cuba (Am. C.) – Havana — cubano.
  • Dinamarca (Eur.) – Copenhague — dinamarquês.
  • Djibuti (Áfr.) – Djibuti — djibutiano ou djibutiense.
  • Dominica (Am. C.) – Roseau — dominiquês.
  • Egito (Áfr.) – Cairo — egípcio.
  • El Salvador (Am. C.) – San Salvador – salvadorenho ou salvadorense.
  • Emirados Árabes Unidos (Ás.) – Abu Dabi — emiradense.
  • Equador (Am. S.) – Quito — equatoriano.
  • Escócia (Eur.) – Edimburgo — escocês.
  • Espanha (Eur.) – Madri — espanhol.
  • Estados Unidos da América (Am. N.) – Washington — norte-americano ou estadunidense.
  • Etiópia (antiga Abissínia) (Áfr.) – Adis Abeba — etíope ou etiopês.
  • Fiji ou Fidji (Oc.) – Suva — fiji ou fídji, fijiano ou fídjiano.
  • Filipinas (Ás.)- Manila — filipinês ou fílipino.
  • Finlândia (Eur.) – Helsínqui — finês, fino ou finlandês.
  • França (Eur.) – Paris — francês.
  • Gabão (Áfr.) – Libreville — gabonense ou gabonês.
  • Gâmbia (Áfr.) – Banjul — gambiano ou gambiense.
  • Gana (Áfr.) – Acra — ganense ou ganês.
  • Granada (Am. C.) – Saint George’s — granadino.
  • Grécia (Eur.) – Atenas — grego.
  • Guatemala (Am. C.) – Guatemala — guatemalense ou guatemalteco.
  • Guiana (Am. S.) – Georgetown — guianense ou guianês.
  • Guiné (Áfr.) – Conacri — guineano ou guinéu.
  • Guiné-Bissau (Áfr.) – Madina do Boé (sede do governo, Bissau) — guineense.
  • Guiné Equatorial (Áfr.) – Malabo — guinéu-equatoríano.
  • Haiti (Am. C.) – Porto Príncipe — haitiano.
  • Holanda (Reino dos Países Baixos) (Eur.) – Amsterdã (sede do governo, Haia) — holandês ou neerlandês.
  • Honduras (Am. C.) – Tegucigalpa — hondurenho ou hondurense.
  • Hungria (Eur.) – Budapeste — húngaro ou magiar.
  • Iêmen (República do lêmen) (Ás.) – Sana — iemenense, iemênico ou iemenita.
  • Índia (Ás.) – Nova Délhi — indiano, índio
  • Indonésia (Ás.)- Jacarta — indonésio.
  • Inglaterra (Eur.) – Londres — inglês.
  • lrã (Ás.) – Teerã — iraniano.
  • lraque (Ás.) – Bagdá — iraquiano.
  • Irlanda ou Eire (República da Irlanda) (Eur.) – Dublin — irlandês.
  • Irlanda do Norte ou Ulster (Eur) – Belfast — norte-irlandês.
  • Islândia (Eur.) – Reykjavik — islandês.
  • Israel (Ás.) – Jerusalém — israeliano ou israelense.
  • Itália (Eur.) – Roma — italiano.
  • Iugoslávia (Eur.) – Belgrado — iugoslavo.
  • Jamaica (Am. C.) – Kingston — jamaicano, jamaicense ou jamaiquino.
  • Japão (Ás.) – Tóquio — japão, japonês ou nipônico.
  • Jordânla (Ás.) – Amã —. jordaniano ou jordânío. Kiribatl(Oc.) – Bairiki — kiribatiano.
  • Kuwait (Ás.) – Kuwait — kuwaíti ou kuwaítíano.
  • Laos (Ás.) – Vientiane — lao (ou laos), laociano (ou laotiano), laosense ou laosiano.
  • Lesoto (Áfr.) – Maseru — lesota, lesotense ou lesotiano.
  • Líbano (Ás.) – Beirute — libanês.
  • Libéria (Áfr.) – Monróvia — liberiano ou libério.
  • Líbia (Áfr.) – Trípoli — líbio.
  • Liechtenstein (Eur.) – Vaduz — liechtensteinense ou llechtensteiniano.
  • Luxemburgo (Eur.) – Luxemburgo — luxemburguense ou luxemburguês.
  • Madagáscar (República Malgaxe) (Áfr.) – Antananarivo (antiga Tananarive) – madagascarense ou malgaxe.
  • Malaísia (Ás.) – Kuala Lumpur — malaio ou malaísio.
  • Malauí (Áfr.) – Lilongüe — malauiano.
  • Maldivas, ilhas (Ás.) – Malé — maldivano, maldiviano, maldívio ou maldivo.
  • Mali (Áfr.) – Bamaco — mali, mallense ou mallnês.
  • Malta (Eur.) – Valleta — maltês.
  • Marrocos (Áfr.) – Rabat — marroquino.
  • Maurícia ou Maurício, Ilha (Áfr.) – Port Louis — mauriciano.
  • Mauritânia (República Islâmica da Mauritânia) (Áfr.) – Nuakchott — mauritaniano, mauritânio ou mauritano.
  • México (Am. N.) – México — mexicano.
  • Moçambique (Áfr.) – Maputo — moçambicano, moçambiquenho ou moçambiquense.
  • Mônaco (Eur.) – Mônaco — monegasco.
  • Mongólia (Ás.) – Ulan Bator — mongol ou mongoliano.
  • Namíbia (Áfr.) – Windhoek — namibiano ou namíbio.
  • Nauru (Oc.) – Yaren – nauruano.
  • Nepal (Ás.) – Katmandu — nepalense ou nepalês.
  • Nicarágua (Am. C.) – Manágua — nicaraguano ou nicaragüense.
  • Níger (Áfr.) – Niamei — nigerino ou nígério.
  • Nigéria (Áfr.) – Lagos — nigeriano.
  • Noruega (Eur.) – Oslo — norueguense ou norueguês.
  • Nova Zelândia (Oc.) – Wellington — neozelandense ou neozelandês.
  • Omã (Ás.) – Mascate – omanense, omani ou omaniano.
  • País de Gales (Eur.) – Cardiff — galense ou galês.
  • Panamá (Am. C.) – Panamá — panamenho ou panamense.
  • Papua Nova Guiné (Oc.) – Port Moresby — papásio, papua ou papuásio.
  • Paquistão (Ás.) – Islamabad — paquistanense, paquistanês ou paquistani.
  • Paraguai (Am. S.) – Assunção — paraguaiano, para guaiense ou paraguaio.
  • Peru (Am. S.) – Lima — peruano ou peruviano.
  • Polônia (Eur.) – Varsóvia — polaco, polonês ou polônio.
  • Porto Rico (Am. C.) – San Juan — porto-riquenho ou porto-riquense.
  • Portugal (Eur.) – Lisboa — português.
  • Quênia (Áfr.) – Nairóbi — queniano.
  • República Centro-Africana (Áfr.) – Bangui — centro-africano.
  • República Dominicana (Am. C.) – Santo Domingo — dominicano.
  • Romênia (Eur.) – Bucareste — romeno.
  • Ruanda (Áfr.) – Kigali — ruandense ou ruandês.
  • Rússia (Ás./Eur.) – Moscou — russo.
  • Salomão, Ilhas (Oc.) – Honiara — salomônico
  • Samoa Ocidental (Oc.) – Ápia — samoano ou samoense.
  • San Marino (Eur.) – San Marino — samarinês ou san-marinense.
  • Santa Lúcia (Am. C.) – Castries — santalucense ou santa-luciense.
  • São Cristóvão – Neves (Am. C.) – Basseterre — são-cristovense.
  • São Tomé e Príncipe (Áfr.) – São Tomé — são-tomeense ou são-tomense. –
  • São Vicente e Granadinas (Am. C.) – Kingstown — são-vicentense ou são-vicentino.
  • Seychelles, Ilhas (Áfr.) – Vitória — seichelense.
  • Senegal (Áfr.) – Dacar — senegalense, senegalês ou senegaliano.
  • Serra Leoa (Áfr.) – Freetown — serra-leonense ou serra-leonês.
  • Síria (Ás.) – Damasco — sírio.
  • Somália (Áfr.) – Mogadíscio — somali, somaliano ou somaliense.
  • Sri Lanka (antigo Ceilão) (Ás.) – Colombo — cingalês ou ceilonense.
  • Suazilândia (Áfr.) – Mbabane — suazi, suazilandense, suazilandês ou suazilandiense.
  • Sudão (Áfr.) – Cartum — sudanense ou sudanês.
  • Suécia (Eur.) – Estocolmo — sueco.
  • Suíça (Eur.) – Berna — suíço.
  • Suriname (Am. 5.) – Paramaribo — surinamense ou surinamês.
  • Tailândia (Ás.) – Bangkok — tailandês.
  • Taiwan (antiga Formosa; República da China Nacional) (Ás.) – Taipé — chinês, taiwanês (ou formosino).
  • Tanzânia (Áfr.) – Dodoma — tanzaniano.
  • Togo (Áfr.) – Lomé — togolense ou togolês.
  • Tonga (Oc.) – Nukualofa — tonganês ou tongano.
  • Trinidad e Tobago (Am. C.) – Port of Spain — trinitário-tobagense, trinitino ou tobaguino.
  • Tunísia (Áfr.) – Túnís — tunisiano.
  • Turquia (Ás./Eur.) – Ancara — turco.
  • Tuvalu (Cc.) – Funafuti — tuvaluano.
  • Ucrânia (Eur.) – Kyiv – ucraniano
  • Uganda (Áfr.) – Kampala — ugandense ou ugandês.
  • Uruguai (Am. S.) – Montevidéu — uruguaio.
  • Vanuatu (Cc.) – Porto Vila — vanuatense.
  • Vaticano (Eur.) – Vaticano — Vaticano.
  • Venezuela (Am. S.) – Caracas — venezuelano.
  • Víetnã (Ás.) – Hanói — vietnamense, vietnamês, vietnamiano ou vietnamita.
  • Zaire (Áfr.) – Kinshasa — zairense ou zairiano.
  • Zâmbia (Áfr.) – Lusaka — zambiano ou zambíense.
  • Zlmbábue (Áfr.) – Harare — zímbabuano ou zimbabuense.

Abreviaturas dos continentes

Áfr. = África

Am. C. = América Central

Am. N. = América do Norte

Am. S. = América do Sul

Ás. = Ásia

Eur. = Europa

Oc. = Oceânia

Complementos para seu estudo

→ Guia do ENEM: Neste guia você tem acesso a informações e dicas para estar por dentro do exame, dicas de mentalização para um maior aproveitamento dos estudos e também como criar um plano de estudos, entre outros assuntos. Veja aqui como passar no ENEM.

→ Guia de Matemática: Confira aqui todo o possível conteúdo da prova de Matemática! Neste guia você tem acesso a conteúdos como conceitos, explicações e até exercícios de funções, probabilidade, estatística, entre outros assunto desta disciplina!

→ Literatura para ENEM: Confira neste artigo os possíveis conceitos, explicações e exercícios sobre Literatura que devem cair no próximo Exame Nacional do Ensino Médio! Leia todo o artigo aqui.

Faça um comentário