Verbos – Explicações, Exercícios e Tudo Sobre

analiseb

Definitivamente, você aprenderá as regras de concordância verbal a partir dessa série de postagens com exemplos. Use como material de consulta!

Regra básica: O verbo deve concordar com o sujeito em pessoa e número.

A) SUJEITO COMPOSTO – rigidamente o verbo deve concordar no PLURAL;

“As casas de veraneio e os pescadores COMPÕEM o cenário da região.”
“SERIAM NECESSÁRIOS ainda mais de 100 médicos e muitos auxiliares de enfermagem.”
“Aos poucos a escatologia e a quantidade de mortos VÃO se multiplicando.”

OBSERVAÇÃO 1:

Quando o sujeito composto estiver posposto (=depois do verbo), é aceitável a concordância atrativa (= no singular, concordando com o núcleo do sujeito que estiver mais próximo):

“PASSARÁ o céu e a terra, mas minhas palavras ficarão.”
“CHEGA hoje ao Rio o presidente e sua comitiva.”

OBSERVAÇÃO 2:

Quando o sujeito é composto por duas ou mais orações (=infinitivos), o verbo deve concordar no SINGULAR:

“Andar e correr FAZ bem.”
“Trabalhar durante o dia e estudar à noite ainda não MATOU ninguém.”

OBSERVAÇÃO 3:

Quando o sujeito composto tiver núcleos de pessoas diferentes, a 1a. pessoa é predominante (Eu e tu = nós; eu e você = nós; ela e eu = nós ):

“Eu, tu e ele RESOLVEMOS o caso.”
“O diretor e eu FOMOS à reunião.”

A 2a. pessoa predomina sobre a 3a.pessoa (Tu e ele = vós): “Tu e ele DEVEIS comparecer à reunião.”

Na linguagem corrente, é freqüente o uso do verbo na 3ª pessoa”: “Em que língua tu e ele FALAVAM?”

Para evitarmos discussão, preferimos substituir TU por VOCÊ (Você e ele = vocês): “Você e ele DEVEM comparecer à reunião.”

O que são vozes verbais?

a) voz ativa = sujeito pratica a ação;

b) voz passiva = sujeito sofre a ação;

c) voz reflexiva = sujeito pratica e sofre a ação ao mesmo tempo;

d) voz recíproca = há correspondência de ações verbais.

Exemplos:

  1. Eu reconheci os criminosos. [ voz ativa ]
  2. Os criminosos foram reconhecidos por mim. [ voz passiva analítica ]
  3. Reconheceram-se os criminosos. [ voz passiva sintética ]
  4. Paulo feriu-se. [ voz reflexiva ]
  5. Lourdes e Gustavo se amam. [ voz recíproca ]

Obs.: A voz passiva pode ser sintética e analítica. Havendo pronome apassivador, temos a voz passiva sintética ( v.t.d. + se / v.t.d.i + se ). Já a voz passiva analítica não apresenta partícula apassivadora.

6. Comunicaram os fatos ao diretor. [ voz ativa ]

7. Comunicaram-se os fatos ao diretor. [ voz passiva sintética ]

8. Os fatos foram comunicados ao diretor. [ voz passiva analítica ]

9. O que se vê é um poço sem fim, o mal em estado puro.

Lembrando, que: Todas as vezes que encontrarmos “o” antes do conectivo “que”, podendo substituir “o” por “aquele” ou “aquilo” , “o” é pronome demonstrativo e “que” é pronome relativo.

No exemplo acima, “o” é pronome demonstrativo, pois podemos substituí-lo por “aquilo”. Sendo “que” pronome relativo, temos o início da oração subordinada adjetiva, visto que toda oração subordinada adjetiva é iniciada por pronome relativo.

Trata-se a oração grifada acima de uma oração subordinada adjetiva restritiva. Sua voz verbal é passiva sintética ( verbo transitivo direto acompanhado da partícula apassiva “se” ). Já a oração principal “O … é um poço sem fim, o mal em estado puro” não apresenta voz verbal, pois temos verbo de ligação em sua estrutura. Como teríamos voz verbal se verbo de ligação não expressa ação?

Casos do verbo parecer

O verbo parecer, quando é auxiliar numa locução verbal, sofre flexão; quando não forma locução verbal, é verbo intransitivo e, nesse caso, não varia.

Ex.: As crianças parecem gostar do filme.

As crianças parece gostarem do filme.

No último período há inversão da ordem dos termos, pois essa frase equivale a esta:

Parece gostarem do filme as crianças.

Observe, ainda, estes exemplos, em que parecer não varia:

As crianças parece que gostaram do filme.

As estrelas parecia que não piscavam.

Isto é:

Parece que as crianças gostaram do filme.

Parecia que as estrelas não piscavam.

Se, porém, ao verbo parecer seguir-se infinitivo pronominal, somente varia o infinitivo.

Ex.: As crianças parece queixarem-se do colchão duro.

Como diria o Pasquale, é isso!

Casos especiais de concordância verbal: “coletivos”

B. COLETIVOS

Um bando de …
Um grupo de …
Uma manada de …

Embora alguns gramáticos aceitem o verbo no plural quando acompanha um adjunto plural, nós devemos usar o verbo no SINGULAR:

“Um CASAL de turistas alemães não RESISTIU e CAIU no samba.”
“Um GRUPO de artistas ainda iniciantes ALUGOU uma sala.”
“Um GRUPO de crianças também É CONVIDADO.”
“Um GRUPO de pessoas SAIU mais cedo”
“Um BANDO de marginais FUGIU ontem à noite.”
“Uma MANADA de bois FOI VENDIDA para pagar a dívida.”

OBSERVAÇÃO 1:

“Um GRUPO de mais de trinta mulheres TRABALHAM como voluntárias.”
Nesse caso, devido ao predicativo plural (=voluntárias), preferimos o verbo no plural.

OBSERVAÇÃO 2:

A concordância do verbo com o núcleo do sujeito é indiscutível.

Se você tem dificuldade para identificar o núcleo do sujeito, aqui vai uma dica: “é o substantivo ou o pronome que antecede a preposição de”:

“Boa parte dos candidatos já DESISTIU.” (o sujeito simples é “boa parte dos candidatos”; o núcleo é parte)
“Um bando de marginais FUGIU.” (o sujeito simples é “um bando de marginais”; o núcleo é bando)
“Metade dos alunos FOI APROVADA.” (sujeito =”metade dos alunos”; núcleo = metade)
“Alguém dentre nós FARÁ o trabalho.” (sujeito =”alguém dentre nós”; núcleo = alguém)
“Muitos de nós LERAM o livro.” (sujeito =”muitos de nós”; núcleo = muitos)
“O presidente destas empresas VIAJOU para Brasília.” (sujeito =”o presidente destas empresas”; núcleo = presidente)
“Os diretores desta empresa VIAJARAM para Brasília.” (sujeito =”os diretores desta empresa”; núcleo = diretores)

Exercício

À partir de agora, iremos colocar exercícios sobre todo o conteúdo de Verbos para que esse importante assunto gramatical fixe em sua cabeça. Abaixo, você encontrará uma série de exercícios já com o gabarito, para praticar quando quiser. Bons Estudos!

EXERCÍCIOS DE CONCORDÂNCIA

[EXERCÍCIO 01] Assinale a frase em que o verbo não obedece às normas da boa concordância:

  • a) fomos nós quem primeiramente lecionamos esta matéria.
  • b) fomos nós quem primeiramente lecionou esta matéria.
  • c) fomos nós os que primeiramente lecionamos esta matéria.
  • d) fomos nós que primeiramente lecionamos esta matéria.
  • e) fomos nós que primeiramente lecionaram esta matéria.
Ver Resposta
E

[EXERCÍCIO 02] Leia os períodos a seguir e assinale a opção correta:

  1. Os Estados Unidos não só desenvolveu a indústria, mas também incentivou enormemente a agricultura.
  2. A antiga União das Repúblicas Socialistas Soviéticas fez um acordo comercial com o Brasil.
  3. Quaisquer de vós seríeis barrados na fronteira.
  4. Qualquer de vós seriam barrados na fronteira.
  5. Os soldados bombeiros, estamos sempre de prontidão.
  • a) apenas o período 1 está correto.
  • b) apenas os períodos 1 e 3 estão incorretos.
  • c) apenas os períodos 1 e 4 estão incorretos.
  • d) apenas os períodos 1, 3 e 4 estão incorretos.
  • e) nenhuma das opções anteriores.
Ver Resposta
C

[EXERCÍCIO 03] Assinale a opção em que a frase não pode ser completada com o verbo indicado entre parênteses:

  • a) Três quintos da turma _______ à aula. (compareceram)
  • b) Cinqüenta e cinco por cento dos candidatos ________ classificação. (objetivaram)
  • c) Mais de um problema __________ sem solução. (ficou)
  • d) Já _________ cerca de duzentos executivos. (voltaram)
  • e) __________ duas horas para o início da prova. (faltava)
Ver Resposta
E

[EXERCÍCIO 04] Assinale a alternativa correta:

  • a) Na sala haviam muitas crianças.
  • b) Podia haver vinte pessoas na sala.
  • c) Todos pareciam terem ficado zangados.
  • d) Eu o maltratei faziam duas semanas.
  • e) Fazem três meses que ela se casou.
Ver Resposta
B

[EXERCÍCIO 05] Assinale a alternativa em que há erro.

  • a) Nunca tolerei as meio verdades.
  • b) Os espíritos conformes aceitam a dor.
  • c) Não há aula nos dias santos de guarda.
  • d) Aquelas foram as sós palavras de carinho que ouvi na vida.
  • e) Ele ficou toda a noite acordado.
Ver Resposta
A

[EXERCÍCIO 06] …………. meio-dia ………….; no céu, …………….. as trovoadas de verão

  • a) Era – meia – anunciava-se
  • b) Eram – meio – anunciavam-se
  • c) Era – meio – anunciavam-se
  • d) Era – meia – anunciavam-se
  • e) Eram – meia – anunciavam-se
Ver Resposta
D

[EXERCÍCIO 07] Não …………….. meios de avisá-los de que já ……………. fazer anos que ……………. em nosso estoque esses livros.

  • a) houve – devem – falta
  • b) houve – deve – faltam
  • c) houve – devem – faltam
  • d) houveram – devem – faltam
  • e) houveram – deve – falta
Ver Resposta
B

[EXERCÍCIO 08] Assinale a opção que preencha corretamente os espaços:

  1. Segue, ________, a documentação
  2. Pedro está ___________ com o serviço militar
  3. Os vigias estão sempre ___________.
  4. Maria estava ____________ encabulada.
  • a) anexo, quites, alerta, meio
  • b) anexo, quites, alertas, meia
  • c) anexa, quite, alerta, meio
  • d) anexo, quites, alertas, meio
  • e) anexa, quite, alerta, meia
Ver Resposta
C

[EXERCÍCIO 09] Ainda ………… furiosa, mas com …………… violência, proferia injúrias …………. para escandalizar os mais arrojados.

  • a) meia – menas – bastantes
  • b) meia – menos – bastante
  • c) meio – menos – bastante
  • d) meio – menos – bastantes
  • e) meio – menas – bastantes
Ver Resposta
D

[EXERCÍCIO 10] (FMU) – Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas das frases abaixo:

Vão ……….. aos processos várias fotografias.

Paisagens as mais belas …………

Ela estava ………….. narcotizada.

  • a) anexas, possíveis, meio
  • b) anexas, possível, meio
  • c) anexo, possíveis, meia
  • d) anexo, possível, meio
  • e) anexo, possível, meia
Ver Resposta
A

Exemplo: Estamos [quite/ quites] com o serviço militar.

[EXERCÍCIO 01] Nós temos [bastantes / bastante] razões para protestar.

Ver Resposta
Bastantes

[EXERCÍCIO 02] Estavam [bastante / bastantes] informados sobre o acidente.

Ver Resposta
Bastante

[EXERCÍCIO 03] Examinamos [bastantes / bastante] planos.

Ver Resposta
Bastantes

[EXERCÍCIO 04] A sala tinha [bastantes / bastante] carteiras.

Ver Resposta
Bastantes

[EXERCÍCIO 05] Eram moças [bastante / bastantes] competentes.

Ver Resposta
Bastante

[EXERCÍCIO 06] Suas opiniões são [bastante / bastantes] discutidas.

Ver Resposta
Bastante

[EXERCÍCIO 07] Procure comer [bastantes / bastante] frutos.

Ver Resposta
Bastantes

[EXERCÍCIO 08] O governo destinou [bastantes / bastante] recursos.

Ver Resposta
Bastantes

[EXERCÍCIO 09] Não tinham [bastantes / bastante] motivos para faltar.

Ver Resposta
Bastantes

[EXERCÍCIO 10] Suas opiniões são [bastante / bastantes] discutidas.

Ver Resposta
Bastante

[EXERCÍCIO 11] Meu filho emagrecia a [olhos vistos / olho visto].

Ver Resposta
olhos vistos

[EXERCÍCIO 12] Você é perspicaz, de [forma / formas] que entendeu o que eu disse.

Ver Resposta
forma

[EXERCÍCIO 13] Você é inteligente, de [maneira / maneiras] que vai aprender.

Ver Resposta
maneira

[EXERCÍCIO 14] Ela caiu e ficou [meio / meia] tonta.

Ver Resposta
meio

[EXERCÍCIO 15] A situação do país é [meio / meia] incerta.

Ver Resposta
meio

[EXERCÍCIO 16] Quando cheguei à escola era meio-dia e [meia / meio].

Ver Resposta
meia

[EXERCÍCIO 17] A porta ficou [meio / meia] aberta.

Ver Resposta
meio

[EXERCÍCIO 18] Tenho uma colega que é [meio / meia] ingênua.

Ver Resposta
meio

[EXERCÍCIO 19] Ela apareceu [meio / meia] nua.

Ver Resposta
meio

[EXERCÍCIO 20] As crianças ficaram [meio / meia] gripadas.

Ver Resposta
meio

[EXERCÍCIO 21] Nunca fui pessoa de [meia / meio] palavra.

Ver Resposta
meia

[EXERCÍCIO 22] Quero [meia / meio] porção de fritas.

Ver Resposta
meia

[EXERCÍCIO 23] Acolheu-me com palavras [meio / meia] tortas.

Ver Resposta
meio

[EXERCÍCIO 24] Suas Excelências estavam [acompanhados / acompanhadas] de suas esposas.

Ver Resposta
acompanhados

[EXERCÍCIO 25] Vossa Excelência está [enganado / enganada], Doutor Juiz.

Ver Resposta
enganado

[EXERCÍCIO 26] Seguem [anexas / anexa] três certidões.

Ver Resposta
anexas

[EXERCÍCIO 27] [Anexos / Anexo] estamos enviando os documentos.

Ver Resposta
anexos

[EXERCÍCIO 28] As certidões [anexas / anexa / anexos] devem ser seladas.

Ver Resposta
anexas

[EXERCÍCIO 29] Está [incluso / inclusos] no total o seu percentual.

Ver Resposta
incluso

[EXERCÍCIO 30] Segue [anexa / anexas / anexo] a biografia que você pediu.

Ver Resposta
anexa

[EXERCÍCIO 31] Está [inclusa / incluso] na nota a taxa de serviços.

Ver Resposta
inclusa

[EXERCÍCIO 32] Os cheques estão [anexos/ anexados] aos documentos?

Ver Resposta
anexos

[EXERCÍCIO 33] Seguem [inclusas / inclusa] na pasta a carta e a procuração.

Ver Resposta
inclusas

[EXERCÍCIO 34] Os documentos vão [inclusos / inclusa] na carta.

Ver Resposta
inclusos

[EXERCÍCIO 35] [Juntas/ junta] elas permaneceram.

Ver Resposta
juntas

[EXERCÍCIO 36] Essas funcionárias sempre chegam [juntas/ junto].

Ver Resposta
juntas

[EXERCÍCIO 37] Os hotéis ficam [junto/ juntos] ao viaduto.

Ver Resposta
junto

[EXERCÍCIO 38] As crianças viajarão [juntas/ junta] a mim.

Ver Resposta
juntas

[EXERCÍCIO 39] Os fortes sentimentos vêm [juntos/ junto].

Ver Resposta
juntos

[EXERCÍCIO 40] Essas moças nunca saíram [junto/ juntos]com o pai.

Ver Resposta
junto

[EXERCÍCIO 41] Os dois chutes passaram [junto/ juntos] à trave.

Ver Resposta
junto

[EXERCÍCIO 42] Mando [juntos/ junto] os recibos solicitados.

Ver Resposta
juntos

[EXERCÍCIO 43] As casas estão [junto/ junta] da farmácia.

Ver Resposta
junto

[EXERCÍCIO 44] Havia sempre mulheres [junto/ junta] de mim.

Ver Resposta
junto

[EXERCÍCIO 45] [É proibido / proibida] conversas no recinto.

Ver Resposta
É proibido

[EXERCÍCIO 46] Água é [bom / boa] para rejuvenescer.

Ver Resposta
bom

[EXERCÍCIO 47] A lealdade é [necessária / necessário].

Ver Resposta
necessária

[EXERCÍCIO 48] É [permitido / permitida] entrada franca a estudantes.

Ver Resposta
permitido

[EXERCÍCIO 49] É [necessário / necessária] muita fé.

Ver Resposta
necessário

[EXERCÍCIO 50] Não é [necessária / necessário] a ação da polícia.

Ver Resposta
necessária

[EXERCÍCIO 51] Maçã é [bom / boa] para os dentes.

Ver Resposta
bom

[EXERCÍCIO 52] É [proibida / proibido] a entrada neste recinto.

Ver Resposta
proibida

[EXERCÍCIO 53] Bebida alcoólica não é [bom / boa] para o fígado.

Ver Resposta
bom

[EXERCÍCIO 54] É [proibida / proibido] a permanência de veículos.

Ver Resposta
proibida

[EXERCÍCIO 55] É [necessária / necessário] a virtude dos bons.

Ver Resposta
necessária

[EXERCÍCIO 56] É [proibida / proibido] a caça nesta reserva.

Ver Resposta
proibida

[EXERCÍCIO 57] Para quem esta entrada é [proibida / proibido]?

Ver Resposta
proibida

[EXERCÍCIO 58] A coalhada dessa padaria é [boa / bom].

Ver Resposta
boa

[EXERCÍCIO 59] Esta aveia é [boa / bom] para a saúde.

Ver Resposta
boa

[EXERCÍCIO 60] Vocês estão [quites / quite] com a mensalidade?

Ver Resposta
quites

[EXERCÍCIO 61] Seu pai já está [quite / quites] com o meu?

Ver Resposta
quite

[EXERCÍCIO 62] Estou [quite / quites] com a tesouraria.

Ver Resposta
quite

[EXERCÍCIO 63] Ela está [quite / quites] com você?

Ver Resposta
quite

[EXERCÍCIO 64] Manoel e Virgílio estão [quites / quite] com o serviço militar.

Ver Resposta
quites

[EXERCÍCIO 65] Esperava [menos / menas] pergunta naquela prova.

Ver Resposta
menos

[EXERCÍCIO 66] Sua família tinha muito [menos / menas] riqueza que a nossa.

Ver Resposta
menos

[EXERCÍCIO 67] Mais amor [menos / menas] confiança.

Ver Resposta
menos

[EXERCÍCIO 68] Elas estão [alerta / alertas].

Ver Resposta
alerta

[EXERCÍCIO 69] Fiquem [alerta / alertas] rapazes.

Ver Resposta
alerta

[EXERCÍCIO 70] Todas as guarnições militares estavam [alerta / alertas].

Ver Resposta
alerta

[EXERCÍCIO 71] Ante ao perigo os guardas estavam [alerta / alertas].

Ver Resposta
alerta

[EXERCÍCIO 72] Aquela decisão me custou muito [caro / cara].

Ver Resposta
caro

[EXERCÍCIO 73] As camisas estão custando [caro / cara].

Ver Resposta
caro

[EXERCÍCIO 74] As peras custam [caro / cara].

Ver Resposta
caro

[EXERCÍCIO 75] As mordomias custam [caro / cara].

Ver Resposta
caro

[EXERCÍCIO 76] Esta viagem sairá [cara / caro].

Ver Resposta
cara

[EXERCÍCIO 77] Os mamões sempre custaram muito [caro / cara].

Ver Resposta
caro

[EXERCÍCIO 78] Aquelas mercadorias eram [baratas / barata].

Ver Resposta
baratas

[EXERCÍCIO 79] As meninas me disseram [obrigadas / obrigada / obrigado].

Ver Resposta
obrigadas

[EXERCÍCIO 80] Muito [obrigadas / obrigado] disseram elas.

Ver Resposta
obrigadas

[EXERCÍCIO 81] A menina me disse [obrigada / obrigado]

Ver Resposta
obrigada

[EXERCÍCIO 82] Os rapazes disseram [obrigados / obrigado].

Ver Resposta
obrigados

[EXERCÍCIO 83] Escolhemos as cores mais vivas [possíveis / possível].

Ver Resposta
possíveis

[EXERCÍCIO 84] Seus quadros eram os mais clássicos [possíveis / possível].

Ver Resposta
possível

[EXERCÍCIO 85] Alguns acham [possíveis / possível] navios de 800 mil toneladas.

Ver Resposta
possíveis

[EXERCÍCIO 86] Visitamos os mais belos museus [possíveis / possível].

Ver Resposta
possíveis

[EXERCÍCIO 87] Nossas contas parecem as mais exatas [possíveis / possível].

Ver Resposta
possíveis

[EXERCÍCIO 88] Os juros estão o mais elevado [possível / possíveis].

Ver Resposta
possível

[EXERCÍCIO 89] Ela não sabia disso [mesmo / mesma].

Ver Resposta
mesmo

[EXERCÍCIO 90] Elas [mesmas / mesmo] fizeram a festa.

Ver Resposta
mesmas

[EXERCÍCIO 91] Os alunos [mesmos / mesmo] darão à redação final.

Ver Resposta
mesmos

[EXERCÍCIO 92] Tudo depende delas [mesmo / mesmas].

Ver Resposta
mesmo

[EXERCÍCIO 93] São eles [mesmos / mesmo] responsáveis pela derrota.

Ver Resposta
mesmos

[EXERCÍCIO 94] Nós [mesmos / mesmo] edificaremos a casa.

Ver Resposta
mesmos

[EXERCÍCIO 95] [Salvo / Salvos] os doentes, os demais partiram.

Ver Resposta
salvo

[EXERCÍCIO 96] Agora todos estão [salvos / salvo], exceto o velho barqueiro.

Ver Resposta
salvos

Concordância Verbal

Os exercícios abaixo desenvolvem o conhecimento sobre concordância verbal. Neles, enfatizo o deslocamento do sujeito. prestem atenção, pois a organização da oração pode confundir um pouco. No final, há o gabarito e os comentários sobre as questões. Bons estudos.

[EXERCÍCIO 01] Não ………………. , pois, no futebol brasileiro, razões para angústias, uma vez que não ………………., no gramado de nossos estádios, talentos incomparáveis.

  • a) pode existir – falta
  • b) podem existir – falta
  • c) podem existirem – faltam
  • d) podem existir – faltam
  • e) pode existir – faltam

Ver Resposta
Na 1ª coluna, o verbo EXISTIR (que é pessoal) comanda a locução com o auxiliar poder. O importante, agora, é identificar o sujeito: razões para angústias. Logo, a forma é podem existir. O sujeito do verbo FALTAR, na 2ª coluna, está depois da intercalação. É talentos incomparáveis. Note como, em ambos os casos, entre o verbo e o sujeito proposto foi intercalado um elemento no singular (no futebol brasileiro e no gramado de nossos estádios). Contudo, quem soube identificar o sujeito não teve maiores dificuldades. A resposta é D.

[EXERCÍCIO 02] Para os que estavam bem treinados, ………………. alguns minutos, mas aos inexperientes nem três horas ………………. para concluir o teste.

  • a) bastariam – seriam suficientes
  • b) bastariam – seria suficiente
  • c) bastaria – seria suficiente
  • d) bastaria – seriam suficientes
  • e) bastaria – seriam suficiente

Ver Resposta
Aqui, como na maioria das frases em que aparece, o verbo bastar tem o sujeito à sua direita (alguns minutos). Na segunda oração, o sujeito do verbo ser é três horas. A frase completa ficaria, portanto, “Para os que estavam bem treinados, bastariam alguns minutos, mas aos inexperientes nem três horas seriam suficientes para concluir o teste”. A resposta é A.

[EXERCÍCIO 03] Já ………………. hoje os três representantes da Argentina; ………………. ainda os participantes que ………………. do Uruguai.

  • a) chegou – restam – vem
  • b) chegou – resta – vem
  • c) chegaram – resta – vêm
  • d) chegaram – restam – vêm
  • e) chegaram – restam – vem

Ver Resposta
A primeira oração tem o sujeito posposto; sua ordem normal seria “os três representantes da Argentina chegam hoje” . Na segunda, o sujeito de restar vem, como sempre, à direita do verbo (os participantes). Na terceira, o sujeito continua a ser os participantes, representados aqui pelo pronome relativo que. Portanto, os três verbos devem ficar no plural: chegam, restam e vêm (lembre: ele vem, eles vêm). A resposta é D.

[EXERCÍCIO 04] Assinale a alternativa em que a concordância está correta:

  • a) Será que existe no Brasil autores tão importantes quanto ele?
  • b) Sairá amanhã os resultados do concurso.
  • c) Faltam só três minutos para o meio-dia.
  • d) Se ele fosse o diretor, não ocorreria tantas desistências.
  • e) Acho que convém medidas imediatas.

Ver Resposta
Nenhum dos verbos acima é impessoal; todos, portanto, têm sujeito, cabendo a nós identificá-lo e fazer a devida concordância. Em (A), o sujeito é autores; a forma verbal correta seria existem. Em (B), o sujeito é os resultados do concurso; a forma verbal correta seria sairão. Em (D), tantas desistências é o sujeito de ocorrer, que deveria ficar no plural. Em (E), medidas imediatas é o sujeito de convir; na 3a. pessoa do plural, a forma é convêm (assim, com circunflexo; convém é a 3a. do singular). A resposta é C (três minutos faltam).

[EXERCÍCIO 05] Assinale a alternativa em que a concordância está correta:

  • a) Acontecem, todos os dias, as mesmas complicações.
  • b) Geralmente cabe ao homem as primeiras iniciativas.
  • c) Não constava no edital as datas das provas.
  • d) Neste jogo vai terminar sobrando muitas cadeiras vazias.
  • e) Nem sempre ocorre, neste bairro, tantos assaltos como este mês.

Ver Resposta
Em (B), caber deveria estar no plural, porque o sujeito é as primeiras iniciativas. Em (C), constar deveria estar no plural, porque o sujeito é as datas das provas. Em (D), o sujeito é muitas cadeiras vazias; a locução verbal deveria vir com o auxiliar no plural (“vão terminar sobrando”). Em (E), ocorre deveria vir no plural, porque o sujeito é tantos assaltos. Note a intercalação estratégica (para a banca, é claro), do adjunto adverbial neste bairro. A resposta certa é A (“as mesmas complicações acontecem”).

[EXERCÍCIO 06] (Cesgranrio-RJ) – Tendo em vista as regras de concordância, assinale a opção em que a forma verbal está errada:

  • a) Existem na atualidade diferentes tipos de inseticidas prejudiciais à saúde do homem.
  • b) Podem provocar sérias lesões hepáticas, os defensivos agrícolas à base de DDT.
  • c) Faltam aos países subdesenvolvidos uma legislação mais rigorosa sobre os agrotóxicos.
  • d) Persistem por muito tempo no meio ambiente os efeitos nocivos dos inseticidas clorados.
  • e) Possuem elevado grau de toxidade os defensivos do tipo fosforado.

Ver Resposta
Para responder a esta questão, basta colocar todas as frases na ordem direta. Em (A), “diferentes tipos de inseticidas existem”. Em (B), “os defensivos agrícolas podem provocar”. Em (D), “os efeitos nocivos dos inseticidas persistem”. Em (E), “os defensivos possuem elevado grau de toxidade” . A resposta é C , onde se deveria ler “uma legislação mais rigorosa falta aos países subdesenvolvidos”.

[EXERCÍCIO 07] (Univ. Fed. BA) – Toda a verdade dos fatos ………, ainda que …….. as revelações.

  • a) será apurado – doa.
  • b) serão apurados – doa.
  • c) será apurada – doam.
  • d) será apurado – doa.
  • e) serão apurada – doam.

Ver Resposta
Não esqueça de que os verbos devem concordar com o núcleo do sujeito. No sujeito da primeira oração – toda a verdade dos fatos -, o núcleo é verdade, o que obriga ser a ficar no singular e o particípio de apurar a ficar no feminino (será apurada). Na segunda oração, o sujeito está posposto (as revelações). A resposta é C.

[EXERCÍCIO 08] (Univ. Fed. BA) – O meio passa a ter sentido graças às necessidades e aspirações do homem. Que valor ………. os bens materiais se não ………. as necessidades do homem e se não ………. aspirações?

  • a) teria – fosse – existisse
  • b) teriam – fossem – existisse
  • c) teriam – fossem – existissem
  • d) teria – fossem – existissem
  • e) teriam – fosse – existissem

Ver Resposta
O sujeito das três orações está posposto, i.e., vem à direita do verbo, fora de seu lugar habitual: os bens materiais, as necessidades do homem e aspirações. Ter, ser e existir, por conseguinte, devem ficar no plural. A resposta é C.

[EXERCÍCIO 09] (UB-MG) – Nas duas margens, ………. relva abundante; contudo, lá onde ………. ervas perigosas, no matagal, é que ………. os bois e os cavalos.

  • a) crescem – existem – pastavam.
  • b) cresce – existem – pastavam.
  • c) cresce – existe – pastava.
  • d) cresce – existe – pastavam.
  • e) crescem – existe – pastava.

Ver Resposta
O sujeito de existir é ervas perigosas, também posposto. A posição de no matagal pode levar o leitor a não reconhecer que o sujeito de pastar é os bois e os cavalos. A frase completa é “Nas duas margens, cresce relva abundante; contudo, lá onde existem ervas perigosas, no matagal, é que pastavam os bois e os cavalos”. A resposta é B.

[EXERCÍCIO 10] (UB-MG) – Assinale a alternativa em que a concordância do verbo está ERRADA:

  • a) Acho que devem bastar duas colheres de açúcar.
  • b) Vão terminar acontecendo coisas desagradáveis.
  • c) Eles acham que pode ficar faltando uma dúzia de ingressos.
  • d) De fatos como esses decorre uma grande sensação de impunidade.
  • e) Deve ter sobrado uns cinco reais.

Ver Resposta
Em todas as frases acima o sujeito é a expressão colocada depois do verbo. Duas colheres de açúcar e coisas desagradáveis estão no plural, e assim também as formas verbais devem bastar e vão terminar acontecendo. Uma dúzia de ingressos e uma grande sensação estão no singular, e assim também as formas verbais pode ficar faltando e decorre. Uns cinco reais é plural, mas dever está aí no singular. A resposta é E.

Regência Verbal e Nominal

A regência verbal estuda a relação de dependência que se estabelece entre os verbos e seus complementos. Na realidade o que estudamos na regência verbal é se o verbo é transitivo direto, transitivo indireto, transitivo direto e indireto ou intransitivo e qual a preposição relacionada com ele.

Já a regência nominal é o nome da relação entre um substantivo, adjetivo ou advérbio transitivo e seu respectivo complemento nominal. Essa relação é intermediada por uma preposição.
Faça os exercícios abaixo. São exercícios de regência nominal e de regência verbal já com gabarito para correção.

Dito isso, vamos aos exercícios de regência verbal com gabarito.

[EXERCÍCIO 01] O projeto…..estão dando andamento é incompatível…..tradições da firma.

  • a) de que, com as
  • b) a que, com as
  • c) que, as
  • d) à que, às
  • e) que, com as
Ver Resposta
B

[EXERCÍCIO 02] Quanto a amigos, prefiro João…..Paulo,…..quem sinto……simpatia.

  • a) a, por, menos
  • b) do que, por, menos
  • c) a, para, menos
  • d) do que, com, menos
  • e) do que, para, menos
Ver Resposta
A

[EXERCÍCIO 03] Assinale a opção em que todos adjetivos podem ser seguidos pela mesma preposição:

  • a) ávido, bom, inconsequente
  • b) indigno, odioso, perito
  • c) leal, limpo, oneroso
  • d) orgulhoso, rico, sedento
  • e) oposto, pálido, sábio
Ver Resposta
D

[EXERCÍCIO 04] Assinale a opção que apresenta a regência verbal incorreta, de acordo com a norma culta da língua:

  • a) Os sertanejos aspiram a uma vida mais confortável.
  • b) Obedeceu rigorosamente ao horário de trabalho do corte de cana.
  • c) O rapaz presenciou o trabalho dos canavieiros.
  • d) O fazendeiro agrediu-lhe sem necessidade.
  • e) Ao assinar o contrato, o usineiro visou, apenas, ao lucro pretendido.
Ver Resposta
D

[EXERCÍCIO 05] Assinale a alternativa correta quanto à regência verbal.

  • a) Nunca assisto filmes de terror.
  • b) Quem assistiu essa aula?
  • c) Que filme você quer assistir?
  • d) Quantos assistiram a esta peça?
  • e) Todas estão corretas.
Ver Resposta
D

[EXERCÍCIO 06] “As mulheres da noite,……o poeta faz alusão a colorir Aracaju,……..coração bate de noite, no silêncio”. A opção que completa corretamente as lacunas da frase acima é:

  • a) as quais, de cujo
  • b) a que, no qual
  • c) de que, o qual
  • d) às quais, cujo
  • e) que, em cujo
Ver Resposta
D

[EXERCÍCIO 07] Assinale a alternativa correta quanto à regência verbal.

  • a) Regressando na escola, viu os amigos.
  • b) Dirija-se no próximo caixa.
  • c) Chegamos ao colégio atrasados.
  • d) Eu sempre custo a crer nas coisas.
  • e) Ela investiu para o rapaz e o agrediu.
Ver Resposta
C

[EXERCÍCIO 08] Assinale a alternativa correta quanto à regência verbal.

  • a) Sua atitude implica graves punições.
  • b) Assistiram o filme tranquilos.
  • c) Você aspira um momento de paz.
  • d) Ela implicou ao colega.
  • e) Impliquei para você.
Ver Resposta
A

[EXERCÍCIO 09] Assinale a alternativa correta quanto à regência verbal.

  • a) Vamos assistir um bom filme.
  • b) Assisto em São Paulo.
  • c) Esqueci do livro.
  • d) Esqueci-me o livro.
  • e) Atenda o telefone!
Ver Resposta
B

[EXERCÍCIO 10] Alternativa correta:

  • a) Precisei de que fosses comigo.
  • b) Avisei-lhe da mudança de horário.
  • c) Incumbiu-me para realizar o negócio.
  • d) Recusei-me em fazer os exames.
  • e) Convenceu-se nos erros cometidos.
Ver Resposta
A

[EXERCÍCIO 11] Leia o texto abaixo e faça o que se pede:

As instituições financeiras estão obrigadas a operar dentro das regras e definições do novo sistema de pagamentos que compreende os serviços de compensação de cheques e outros papéis, a liquidação de ordens eletrônicas de débitos e créditos, a transferência de fundos e outros ativos financeiros, a compensação e liquidação de operações na Bolsa de Mercadorias e Futuros, incluindo aquelas relativas a derivativos financeiros. Desta forma, conceitua-se o Sistema de Pagamentos Brasileiro como um conjunto de regras, procedimentos, instrumentos de controle e sistemas operacionais que devem funcionar integrados para transferir fundos do pagador para o recebedor.

Em relação ao texto acima, assinale a opção incorreta.

  • a) A expressão “estão obrigadas” pode ser substituída por “obrigam-se”, sem alterar a correção gramatical do período.
  • b) A forma verbal “compreende” está sendo utilizada com a mesma significação que no seguinte exemplo: O Código de Ética e Decoro compreende ações tanto públicas quanto privadas de agentes públicos.
  • c) Se a expressão “devem funcionar integrados” estivesse no singular, “deve funcionar integrado”, para concordar com “um conjunto”, o período estaria igualmente correto.
  • d) Em “relativas a derivativos” o uso do sinal indicativo de crase é facultativo.
  • e) O trecho “conceitua-se o Sistema de Pagamentos Brasileiro como” pode ser substituído por “o Sistema de Pagamentos Brasileiro é conceituado como”, sem prejuízo para a correção gramatical do período.
Ver Resposta
D

Complementos para seu estudo

→ Guia do ENEM: Veja aqui um guia completo de informações sobre o ENEM! Você irá encontrar todas informações e dicas para de como criar um Plano de Estudos ou datas da realização da prova.

→ Cartão de Confirmação: Veja aqui todas as informações sobe o Cartão de Confirmação do ENEM!

→ Nota do ENEM: Acesse o guia que te mostra tudo relacionado as notas do ENEM! Você tem acesso desde sobre os pesos das notas até notas máximas e mínimas do exame.

Faça um comentário